fbpx

Voltar

O que é BPM? Como ele auxilia na gestão de processos

Gerenciar processos na empresa é essencial. Agora, de nada adianta desenhar toda a operação sem, de fato, implementá-la na rotina do negócio. É aí que o BPM, ou Gerenciamento de Processos de Negócios, entra.


19 de novembro de 2019


O BPM, sigla para o termo Business Process Management, representa uma metodologia utilizada em pequenas, médias e grandes empresas. Esse recurso tem por objetivo otimizar os processos organizacionais de cada setor para que o negócio, como um todo, alcance suas metas estratégicas.

Nessa altura, você deve ter perguntado: ‘Mas como implemento isso na empresa?’. A resposta é: Por meio do controle de métodos e ferramentas que, além de mapear etapas, analisa as ações para dizer se são eficientes ou não dentro da sua operação. É exatamente sobre isso que vamos falar agora.

BPM X BPMS: Qual é a diferença?

Se você tem um pouco de conhecimento sobre o que apresentamos acima, já deve ter escutado o termo BPMS. Saiba que ambos se referem a gestão de processos, contudo eles possuem diferentes significados

  • BPM (Business Process Management): A metodologia de gestão de processos que pode ser aplicada em empresas de qualquer porte.
  • BPMS (Business Process Management System) : Conjunto de ferramentas que auxiliam na definição das etapas do processo. Esses sistemas são capazes de atuar na modelagem, implementação, monitoramento e otimização de processos.

É importante ter em mente que a utilização desses softwares na empresa traz agilidade para as etapas de trabalho que dependem de mais de um profissional, ou até mesmo setor, para serem concluídas. Todos esses fatores agregam valor no seu atendimento ao cliente.

Por que devo aplicar o BPM?

Bom, agora que você já sabe a diferença entre BPM e BPMS, chegou a parte mais importante: o momento de entender o papel da gestão de processos e os benefícios de aplicá-lo na sua empresa. Acredite, isso mudará a forma que enxerga toda a operação do negócio.

Uma vez que você já mapeou os processos da empresa, o BPM ficará responsável por garantir que essas mesmas tarefas sejam eficientes e que estejam diretamente ligadas aos objetivos estratégicos da empresa. Além disso, essa gestão de processos traz uma série de outros benefícios, tais como:

  • Auditoria à distância;
  • Processos menos burocráticos;
  • Integração das áreas e melhora na comunicação entre os setores;
    Otimização do tempo de rotina das atividades dos colaboradores;
  • Controle e transparência no arquivamento e aprovações de documentos;
  • Mais eficiência em toda a cadeia interna, resultando em uma entrega mais rápida para o cliente;
  • Otimização de resultados e conquistas de novas oportunidades.

Tendo isso em mente, o próximo passo agora é implementar uma ferramenta que irá tornar ainda mais prática o controle de todo esse trabalho. Quer entender como implementar a metodologia BPM na sua empresa? Fale com a equipe Vianuvem e teste o sistema SaaS mais prático do mercado.